Aditivos e Ingredientes
Molhos e Condimentos

Ácido Acético Glacial

O ácido acético (do latim acetum, azedo), CH3COOH, oficialmente chamado ácido etanóico, é um ácido carboxílico (especificamente, um ácido monocarboxílico), saturado e de cadeia aberta.


Em sua forma impura, é popularmente conhecido como vinagre (±7% de ácido acético em solução aquosa). Quando está livre de água é conhecido como ácido acético glacial.


Aplicações e Uso:


Como condimento em saladas ( vinagre )

Como solvente

Síntese de perfumes e corantes

Preparação da seda artificial

Neutralização de filmes e papéis fotográficos

Tinturaria

Imprensa

Obtenção de sais metálicos para a fabricação de tintas e inseticidas.

Interruptor da revelação de filmes e papéis fotográficos

Ácido Cítrico Anidrico

O Ácido Cítrico Anidro é produzido através do processo de fermentação, tendo o açúcar como substrato. É produzido de acordo com as Boas Práticas de Fabricação (BPF) e monitoramento das Análises de Perigos de Pontos Críticos de Controle (APPCC). A solubilidade do Ácido Cítrico em água é de 60g/100mL a 20°C. Sabe-se ainda que o mesmo é solúvel também em Álcool Absoluto 99,9% e em Propilenoglicol.



Ácido Lático

O ácido lático ou láctico (do latim: lactis = leite) é um composto orgânico de função mista ácido-álcool que participa de vários processos bioquímicos orgânicos.


Devido à sua propriedade acidulante, o ácido lático é bastante utilizado pela indústria alimentícia e de bebidas na produção de cerveja, carnes curadas, fermentos químicos, queijos não curados, coolers, iogurtes, sorvetes, maionese, bombons, recheios, picles, produtos marinados, sucos artificiais, refrigerantes e conservas vegetais.


O ácido lático é também conhecido pela sua propriedade umectante, propiciando à pele uma maior retenção de água, por isso é tão utilizado na indústria de cosméticos; e além de hidratar a pele, também atua como rejuvenescedor e clareador.


Benzoato de Sódio

Benzoato de sódio é o sal de sódio do ácido benzoico, de fórmula química C6H5CO2Na.


É um conservante bactericida e fungicida, de número E E211, ou INS211, utilizado na indústria alimentícia. Efetivo apenas em meio ácido (pH<3.6).



Corantes Artificiais

Um corante é toda substância que, se adicionada a outra substância, altera a cor desta. Pode ser uma tintura, pigmento, tinta ou um composto químico.


Num sentido mais estrito, corantes são substâncias compostas e compostos químicos, tanto naturais (e suas modificações) quanto sintéticos, relativamente definidos e até puros normalmente aplicados na forma de suas soluções, tanto em água quanto em outros solventes, destacadamente o etanol, que se fixam de alguma maneira, predominantemente por fenômenos em escala molecular a um substrato, que pode ser um tecido (têxtil), papel e outros derivados de celulose, cabelo humano e pelos de animais, couro e diversos materiais. Dentro de um conjunto de requerimentos ideais, as substâncias corantes devem ser estáveis à luz, especialmente a ultravioleta e aos processos de lavagem e à ação da água, como da chuva.



Corante Caramelo

Um corante é toda substância que, se adicionada a outra substância, altera a cor desta. Pode ser uma tintura, pigmento, tinta ou um composto químico.


Num sentido mais estrito, corantes são substâncias compostas e compostos químicos, tanto naturais (e suas modificações) quanto sintéticos, relativamente definidos e até puros normalmente aplicados na forma de suas soluções, tanto em água quanto em outros solventes, destacadamente o etanol, que se fixam de alguma maneira, predominantemente por fenômenos em escala molecular a um substrato, que pode ser um tecido (têxtil), papel e outros derivados de celulose, cabelo humano e pelos de animais, couro e diversos materiais. Dentro de um conjunto de requerimentos ideais, as substâncias corantes devem ser estáveis à luz, especialmente a ultravioleta e aos processos de lavagem e à ação da água, como da chuva.



Glutamaco Monossódico

O Glutamato monossódico (sigla em inglês MSG - monosodium glutamate) é o sal sódico do ácido glutâmico, um dos aminoácidos não essenciais mais abundantes que ocorrem na natureza, que é encontrado naturalmente em alimentos como tomate e cogumelos. O glutamato monossódico é utilizado em alimentos com o objetivo de proporcionar o gosto umami, também chamado de quinto gosto básico, sendo classificado na legislação brasileira como realçador de sabor. Tecnologicamente, o produto é utilizado para equilibrar e harmonizar a percepção total do sabor dos alimentos, quando misturado aos outros ingredientes.


O glutamato monossódico também tem sido utilizado para reduzir as concentrações de cloreto de sódio em alimentos produzidos industrialmente. Apesar de conter sódio na molécula, o conteúdo de sódio (em percentual de massa) no glutamato monossódico é aproximadamente duas vezes mais baixo (12%) do que no cloreto de sódio (39%).


Há um cálculo geral que, para preparar 500g de alimento, usa-se uma colher de chá de sal. Quando essa quantidade é substituída por metade de glutamato monossódico (meia colher), é possível reduzir em, aproximadamente, 37% a concentração de sódio no prato, sem perder a aceitação do paladar.


Goma Arábica

Goma-arábica é uma resina natural composta por polissacarídeos e glicoproteínas que é extraída de duas espécies de acácia da região subsaariana, mais especificamente das espécies Acacia senegal e Acacia seyal. É frequentemente usada como espessante e estabilizante para vários alimentos, na manufactura de colas e como espessante de tintas de escrever.




Goma Xantana

A Goma Xantana (C35H49O29) é um polissacarídeo obtido naturalmente pela fermentação da bactéria Xanthomonas campestris, que sintetiza a goma para evitar sua desidratação. É um aditivo bastante utilizado na indústria farmacêutica e alimentícia como estabilizante, espessante e emulsificante.




Goma Guar

Guar é uma goma obtida das sementes da Cyamopsis tetragonolobus ou da Cyamopsis psoraloides, nativas da Índia. Cultivada também no Paquistão (onde se concentram os produtores), é utilizada na indústria de alimentos.


É utilizado como espessante, estabilizante, emulsificante e agente de corpo. Atualmente é frequente a adição desta substancia pelos fabricantes em certas marcas de iogurtes e uso muito importante no espessamento de sorvetes, congelados, molhos e temperos.


Hoje ela está sendo coadjuvante no processo de fraturamento hidráulico das rochas subterrâneas para extrair o gás de xisto, causando desabastecimento na indústria de alimentos e o consequente aumento de preço do aditivo.


Leticina de Soja

A Lecitina de Soja é uma substância versátil, encontrada e extraída, por vapor, dos flocos de seus grãos e do óleo de soja.


Apresenta óleos essenciais como o ômega 3 e 6 e possui propriedades emulsificantes, ou seja, ajuda a dar liga em muitos alimentos, ajuda a alterar a tensão superficial dos líquidos atuando como um surfactante.



Polisorbato 80

Tudo que é industrializado precisa de alguns ingredientes que são responsáveis por manter o sabor e fazer com que o produto não perca sua qualidade no tempo em que fica dentro do pacote. Um dos ingredientes que possuem essa função é o Polisorbato 80. O ingrediente tem como principal função ser um estabilizante e também emulsificante para os produtos industrializados. Ele também é utilizado na indústria de cosméticos.




Sorbato de Potássio

O sorbato de potássio é um sal de potássio do ácido sórbico, conservante fungicida e bactericida, inibidor de crescimento de bolores e leveduras, amplamente utilizado na alimentação como conservante. O ácido sórbico se encontra em forma natural em alguns frutos, contudo geralmente, utiliza-se o Sorbato de Potássio na indústria alimentar, pois é mais solúvel em água que o Ácido Sórbico.


Ele impede rancidez e mofos em margarinas e maioneses. Muito utilizado também na produção de queijos de corte, frescos e fundidos. Quando empregado no segmento de bebidas, molhos, doces, panificação entre outras aplicações, evita a formação de mofos e bolores.