Corantes.

Corantes.

Um corante é toda substância que, se adicionada a outra substância, altera a cor desta. Pode ser uma tintura, pigmento, tinta ou um composto químico.

Num sentido mais estrito, corantes são substâncias compostas e compostos químicos, tanto naturais (e suas modificações) quanto sintéticos, relativamente definidos e até puros normalmente aplicados na forma de suas soluções, tanto em água quanto em outros solventes, destacadamente o etanol, que se fixam de alguma maneira, predominantemente por fenômenos em escala molecular a um substrato, que pode ser um tecido (têxtil), papel e outros derivados de celulose, cabelo humano e pelos de animais, couro e diversos materiais.

Dentro de um conjunto de requerimentos ideais, as substâncias corantes devem ser estáveis à luz, especialmente a ultravioleta e aos processos de lavagem e à ação da água, como da chuva.

Os corantes alimentícios são utilizados há muitos séculos para conferir cor e tornar os alimentos mais atrativos e saborosos. Inicialmente, os corantes utilizados eram de origem natural (vegetal, animal ou mineral), como as especiarias e os condimentos.

Willian Henry Perkin foi o primeiro cientista a sintetizar um corante - no caso, a malva ou malveína, derivado da hulha.

A partir de então, houve um grande aumento nas descobertas de novos corantes artificiais ou sintéticos e na sua utilização pela indústria, principalmente a de alimentos, com o principal intuito de conferir cor e, em alguns casos, mascarar produtos de baixa qualidade.

A justificativa para a utilização dos corantes se deve ao fato de que a aceitação do produto alimentício pelo consumidor está diretamente relacionada à cor.

Os corantes são aditivos alimentares definidos como: toda substância ou mistura de substâncias que possui a propriedade de conferir, intensificar ou restaurar a coloração própria do alimento.

Solicite Mais Informações Agora Mesmo - Clique Aqui